É uma das raças de gato mais prestigiada em todo o mundo.
Destaca-se pela sua aparência chamativa, pelo longo e focinho achatado.
Vamos conhecer melhor o Persa. o gato que deve o nome ao fascinante império da antiga Pérsia.

Gato Persa

Apesar do nome, não há indícios que o Gato Persa seja proveniente do Oriente.
Na verdade, estes gatos tornaram-se populares animais de estimação na Grã-Bretanha, havendo indícios que surgem na Europa, no século XVI.

Livros indicam que o gato Persa pertencia a um grupo de gatos conhecidos como “longhair”, não tendo anteriormente o nome de Persa.

A espécie foi evoluindo e ganhando novas caraterísticas até às que nós conhecemos nos dias de hoje.

Essa mudança vai acontecendo principalmente pela influência dos criadores desta raça.

Tamanho:

Medem entre 20 e 25 cm.

O peso dos machos varia entre 4 e 6 Kg enquanto as fêmeas pesam de 3 a 5,5 Kg.

Pelagem:

É uma raça que apresenta uma grande variedade de cores.

Caracteriza-se por ter um pelo muito comprido e sedoso.

A manutenção da sua pelagem é muito trabalhosa devido ao seu longo pelo, formando facilmente nós.

Esperança média de vida:

O Gato Persa tem uma esperança média de vida que varia entre os 12 e os 17 anos.

São gatos tranquilos e dão-se super bem em apartamento. Razões pelas quais o Gato Persa é das raças favoritas dos Europeus.
Gostam de estar no seu canto sem muitas brincadeiras, não precisando de muito espaço para serem felizes.

Adoram receber mimos e são conhecidos por serem muito meigos, carinhosos e inteligentes.

O Gato Persa mia muito de vez em quando e, quando acontece, fá-lo de forma baixa sem incomodar tutores nem vizinhos.

Até mesmo o Persa mais calmo e preguiçoso precisa de partir à descoberta, trepar e brincar.

Por isso, um arranhador e brinquedos são imprescindíveis para este gato de interior.

Regra geral, Gatos Persas são saudáveis, tendo alguns problemas de saúde relacionados maioritariamente com as suas características físicas.
Alguns problemas de saúde destes gatos são hereditários pelo que devem ser acompanhados desde pequenos.

Bolas de pelo:
As famosas bolas de pelo comuns nos gatos, são uma constante nesta raça, especialmente devido ao seu pelo longo.
Para que o nosso animal não fique mal ou com problemas intestinais pelo excesso de bolas de pelo, devemos tentar escová-lo todos os dias.

Problemas respiratórios:
O nariz achatado destes gatos dificulta a sua respiração.
O Persa é mais sensível ao frio, ao calor e humidade devido ao seu focinho pequeno que, além
de prejudicar a entrada do ar, faz com que o nosso gato seja menos ativo que outras raças.

Rim policístico:
Os rins dos Gatos Persas podem desenvolver quistos que crescem caso não sejam tratados.

Este problema pode causar insuficiência renal sendo por isso importante fazer um exame de
prevenção todo o ano.

Outros cuidados a ter em atenção:

  • Os Gatos Persas têm a necessidade de uma limpeza regular dos olhos que lacrimejam e mancham o pelo.

#NewPetClub       #EverythingForYourBestfriend

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *